13 julho, 2014

Conhecendo o Reino!

Devocional - Dia 1

Tema: Conhecendo o Reino!

Leitura Bíblica: Dn 1:1-4

Comentários:

Ver sua cidade destruída pelos inimigos, seus amigos e família mortos, o Templo de adoração a Deus saqueado e ainda por cima ser levado cativo para outra nação não é fácil! Imagine o que passava na mente de Daniel, Misael, Ananias e Azarias ao entrar na Babilônia. Aquela nação ímpia tão poderosa e gloriosa agora seria a nova casa deles. Teriam que passar por um longo processo de adaptação num lugar com costumes diferentes e de veneração a tantos deuses. Haveria muitos desafios pela frente. O maior deles certamente era não abrir mão dos princípios aprendidos em Jerusalém.
Do ponto de vista espiritual existem dois reinos. Um é o Reino da Luz cujo Senhor é Jesus Cristo. Seus cidadãos vivem de acordo com os ensinamentos da Bíblia Sagrada negando suas paixões, concupiscências procurando obedecer e agradar ao seu Senhor. A característica marcante desse Reino não é a aparência exterior (Lc 17:20) e sim o poder de Deus manifesto (1 Co 4:20); a justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo (Rm 14:17)! O outro reino é o das trevas. Seu senhor é satanás, o pai da mentira(Jo 8:44). Seus integrantes rejeitam e escarnecem o conhecimento de Deus. Vivem segundo suas vontades dispondo seus corpos, entendimento e espírito para agradar ao seu senhor. É interessante saber disso e ESCOLHER a qual senhor se pretende servir: “Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?” (Rm 6:16).
Uma vez que escolhemos servir a Cristo, somos representantes do Reino da Luz nessa terra. Jesus sabia que viver nesse mundo não seria fácil. Em vários momentos nos alertou quanto a isso (Jo 16:33, 17:14) e orou por cada um de nós: “Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus. E todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e neles sou glorificado. E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós” (Jo 17:9-11).
Assim como Daniel e seus amigos precisaram viver numa terra que tinha uma cultura bem diferente daquela que eles haviam aprendido, também somos chamados a viver nesse mundo sabendo que não somos dele. Enquanto estrangeiros e peregrinos aqui (Hb 11:13) guardamos a convicção de qual Reino nós pertecemos e estamos prontos a lutar para que ele seja propagado onde estivermos. Sabemos que não vamos mudar todos os valores e costumes dessa era bem como os jovens hebreus também não o fizeram no passado. Porém, devemos ter a convicção que podemos impactar positivamente os lugares nos quais Deus nos plantou porque somos representantes do Reino de Deus!
Daniel, Misael, Ananias e Azarias obtiveram êxito. Servem de inspiração para nós: a Igreja que vive em um tempo trabalhoso (2 Tm 3:1-5). No início desse propósito, o Espírito Santo te convida a orar continuamente: “VENHA O TEU REINO[...]” (Mt 6:10). Avancemos defendendo firmemente os princípios do Reino de Deus. Jamais nos moldemos aos conceitos e valores do reino das trevas! Que a transformação comece primeiro em nosso entendimento (Rm 12:1-2) sabendo que [...]todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé” (1 Jo 5:4). Jesus nos garantiu: “[...]edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16:18).

Motivos de Oração:

1) Para que o Reino de Deus se manifeste através de nossas pensamentos, palavras e atitudes.
2) Para que o Espírito Santo convença a quem está no reino das trevas do pecado, da justiça e do juízo.
3) Para que o Reino das Trevas seja neutralizado em sua força e as estratégias do inferno sejam desfeitas onde nós colocarmos a planta de nossos pés.

Amor em ação:

1) Eu compreendo a dimensão/alcance/impacto do Reino que represento nessa terra?
2) O que eu posso fazer para comunicar a diferença entre o Reino da Luz e o Reino das Trevas aos meus amigos?
3) Eu comunico as verdades do Reino da Luz através das minhas atitudes? O que posso fazer para melhorar?

Nenhum comentário: