15 fevereiro, 2010

Jesus já sabia o que faria

O dia estava terminando, uma multidão seguia a Jesus, não havia como alimentar todo aquele povo e os discípulos orientaram ao Senhor despedi-los antes que houvesse maiores transtornos.
Diante de uma situação de aparente dificuldade, Filipe ouviu uma pergunta intrigante:Onde compraremos pão, para estes comerem?O questionamento não demonstrava falta de liderança do Senhor, tinha um objetivo maior: experimentar o discípulo porque o Mestre já sabia o que seria feito.
Você já viveu alguma situação na qual parece escutar de todos os lados, inclusive do céu: o que você vai fazer?
A resposta de Filipe foi racional, razoável para quem ainda não presenciara um milagre numa proporção tão grande:Duzentos dinheiros de pão não lhes bastarão, para que cada um deles tome um pouco.André tentou ajudá-lo e propôs outra alternativa para solucionar o problema mas também constatou que era insuficiente: Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos?
Enquanto eles discutiam sobre o assunto, Jesus já sabia o que faria.
Talvez você não saiba o que fará diante de adversidades.Quem sabe até tem contado o pouco dinheiro que ganha e feito verdadeiros malabarismos para fazê-lo render e sustentar sua família.Algumas pessoas do seu lado até observam as dificuldades, dão palpites sobre como sua vida pode melhorar, verificam que as tentativas são insuficientes e acabam trazendo confusões, incertezas e frustrações ao seu coração.
A mensagem do céu para você hoje é: embora você não compreenda o porque dessa fase difícil, o seu Deus continua no controle e já sabe o que fará por você.Assim como naqueles dias, cinco pães e dois peixinhos foram suficientes para alimentar uma multidão e ainda sobrar, Ele multiplicará o pouco que está em suas mãos e trará abundância à sua vida.Tão somente, creia!
"Depois disto partiu Jesus para o outro lado do mar da Galiléia, que é o de Tiberíades.E grande multidão o seguia, porque via os sinais que operava sobre os enfermos.E Jesus subiu ao monte, e assentou-se ali com os seus discípulos.E a páscoa, a festa dos judeus, estava próxima.Então Jesus, levantando os olhos, e vendo que uma grande multidão vinha ter com ele, disse a Filipe: Onde compraremos pão, para estes comerem?Mas dizia isto para o experimentar; porque ele bem sabia o que havia de fazer.
Filipe respondeu-lhe: Duzentos dinheiros de pão não lhes bastarão, para que cada um deles tome um pouco.E um dos seus discípulos, André, irmão de Simão Pedro, disse-lhe:Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos?E disse Jesus: Mandai assentar os homens. E havia muita relva naquele lugar. Assentaram-se, pois, os homens em número de quase cinco mil.E Jesus tomou os pães e, havendo dado graças, repartiu-os pelos discípulos, e os discípulos pelos que estavam assentados; e igualmente também dos peixes, quanto eles queriam.E, quando estavam saciados, disse aos seus discípulos: Recolhei os pedaços que sobejaram, para que nada se perca.Recolheram-nos, pois, e encheram doze alcofas de pedaços dos cinco pães de cevada, que sobejaram aos que haviam comido"(João 6:1-13).

Nenhum comentário: