15 fevereiro, 2009

Carta de um soldado

Ao Comandante e Chefe Espiritual das Forças Armadas - Jesus Cristo
Localização: Quartel General das Milícias Celestes
Assunto: Transferência
Caro Senhor,
Estou lhe escrevendo para lhe pedir transferência para um trabalho interno. Apresento-lhe aqui as minhas razões: Comecei minha carreira como um soldado raso e devido a intensidade da batalha, rapidamente o Senhor me fez subir de posto. O Senhor me fez ser um oficial e me deu uma tremenda soma de responsabilidades; Há muitos soldados e recrutas sob minha responsabilidade. Sou constantemente solicitado a dispensar sabedoria, fazer julgamentos e encontrar soluções para problemas complexos. O Senhor me colocou numa posição para funcionar como um oficial, quando em meu coração eu sei que tenho apenas a habilidade de um soldado raso. O Senhor prometeu suprir tudo o que eu precisasse para a batalha. Mas, Senhor, eu preciso apresentar-lhe um quadro realista do meu equipamento. Meu uniforme, uma vez arrumado e engomado, agora está manchado pelas lágrimas e pelo sangue daqueles que eu tentei ajudar. A sola das minhas botas estão rachadas e gastas pelas milhas que andei tentando alistar e encorajar a tropa. Minhas armas estão estragadas, manchadas e quebradas devido as constantes batalhas contra o inimigo. Até o Livro de Regulamentos que eu possuía está rasgado e despedaçado pelos intermináveis usos. As palavras agora estão borradas. O Senhor me prometeu que estaria comigo o tempo todo mas quando o barulho da batalha é muito alto e a confusão muito grande, eu não posso nem ouví-LO e nem vê-LO.Me sinto tão só. Estou cansado. Estou desanimado. Estou com fatiga de batalha. Eu nunca lhe pediria liberação. Eu adoro estar em serviço. Mas humildemente lhe peço um rebaixamento de posto e uma transferência. Arquivarei papéis ou limparei banheiros.Somente me tire da batalha, por favor, Senhor.
Seu Fiel, mas cansado guerreiro.
___________________________________________________________________
Ao Fiel , mas cansado Soldado das Forças Armadas Espirituais
Localização: Campo de Batalha
Assunto: Transferência
Caro soldado,
O seu pedido de transferência foi negado. Com isto, apresento aqui minhas razões:Você é necessário nesta batalha. Eu o escolhi e manterei minha palavra de suprir as suas necessidades.Você não precisa de um rebaixamento de posto e transferência.(Você nunca realizaria eficientemente o dever de limpar os banheiros). Você precisa de um período de R&R - Renovação e Refortalecimento. Estou separando um lugar no campo de batalha que é a prova de todo o som, e totalmente protegido do inimigo. Eu o encontrarei e lhe darei descanso. Removerei seu equipamento antigo e "farei novas todas as coisas." Você tem se ferido na batalha; Meu soldado, suas feridas não são visíveis mas você recebeu graves ferimentos internos.Você precisa ser curado. Eu curarei você.Você tem se enfraquecido na batalha. Você precisa ser fortalecido. Eu o fortalecerei e serei a sua força.Eu instilarei em você confiança e habilidade. Minhas palavras reacenderão dentro de você o amor, o zelo e o entusiasmo.Reporte-se a mim esfarrapado e vazio. Eu o encherei. Com compaixão, Seu comandante-chefe,
Jesus Cristo.
(Extraído do blog Guerreiro do Senhor: http://diogofg.blogspot.com/)

12 fevereiro, 2009

Testemunho do Rubinho (3)

"Bem, essa é a terceira carta. Espero que Deus esteja ensinando a vocês que a recebem tanto quanto ensinou a mim passando por estas situações, para que ninguém precise passar por elas além de mim.
Saindo do hospital a vida era só esperança. Assim que saí visitei o parque, que estava na frente do meu quarto todos os dias mas eu n podia visitá-lo, o museu, o cristo redentor... e ainda pude compartilhar pela primeira vez ainda no Rio o meu testemunho, em um congresso da minha igreja a nivel nacional, no qual eu estava inscrito para participar, mas Deus tinha algo diferente pra mim.
Falar do milagre de Deus na minha vida foi emocinante. muitos foram tocados naquela noite.Voltando para Recife, fui recebido como um herói! o amor que encontro nessa cidade é indescritivel e impagável.estava agora de repouso, CONVALESCENDO.
Essa palavra era uma faca no meu coração, eu queria retomar minha vida cotidiana normal, eu já não me sentia doente, e principalmente porque estavamos em plena época do feriado de carnaval, e sempre tinha acampamentos da igreja que eu não queria faltar.
Mas, algo mais urgente falou mais forte.
Eu comecei a sentir dificuldades em respirar, e era diferente de tudo que eu já tinha sentido, pois eu costumava ter crises de asma.
Inicialmente foi tratado como uma mera bronquite e voltei para casa para passar o caranaval PRESO, mas o amor de Deus me alcançou, e 5 dos meus melhores amigos se dispuseram a passar o feriado comigo! Sem fazer NADA!Não posso descrever o valor da verdadeira amizade e do amor que é consolidado pelo sangue de Cristo. Deus seja louvado pelos verdadeiros amigos.
Ainda durante os dias de carnaval, fomos visitar um acampamento que ficava próximo a nossa casa, e pude ver o poder de Deus novamente se manifestar ao meu redor. Pessoas foram batizadas com o Espírito Santo, pessoas encontraram o Senhor naquela noite, e o mais importante, eu pude ver que Deus não se prende a aparências nem a linguas ou etnias (o pastor ministrando naquela noite era nigeriano e o sotaque dele era HILÁRIO, eu não conseguia parar de rir enquanto ele falava, mas quando Deus falou foi tremendo e eu calei), quando Ele quer Ele age seja lá com quem ou como.Aquela noite foi de tranformação na vida de todos ali presentes.
No fim do feriado eu já não suportava a falta de ar.
De urgência fiz um exame que filmava minha traquéia, e as palavras do médico foram: COMO ESSE MENINO TÁ RESPIRANDO!?!?!? TÁ QUASE FECHADO! SALA DE CIRURGIA AGORA.
Eu entrei em pânico. não queria voltar para a UTI nem para uma internação em hospital.
Mas, tinha que ser feito. Deus abençoou e eu não tive de ir para a UTI.
Dormi quase sufocado, com meu pescoço limpo e acordei respirando bem, pelo pescoço de novo(traqueostomizado).Passei mais alguns dias no hospital, ainda com esperança, mas as noticias ruins eram muitas:Duas semanas com o tubo pelo menos;
Um mês com o tubo pelo menos;
A questão é coisa de meses;
É delicado, é grave e não pode ser tratado aqui, tem de ir a São Paulo.
Eu não conseguia falar mais.
Tente chorar de dor e desespero sem voz. Eu adianto pra você que é muito menos eficaz.Eu tinha entregue tudo o que eu tinha de melhor para o servir a Deus.
Como ter fé no Deus que tirou o que eu tinha de melhor e me deixou sem nada?Precisava enxergar o que eu tinha de melhor de verdade. o que Ele REALMENTE queria.
Para que Ele me mostrasse, eu tinha que aprender a ouvir, e só se ouve mesmo quando se está quieto.
Assim começaram os três meses mais difíceis da minha vida, e espero que cotinuem sendo até o fim dela.
A Paz e o Amor de Cristo Jesus estejam com todos.Até a próxima.
'Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas' (2Co 4.18)"

08 fevereiro, 2009

Testemunho do Rubinho (2)

"A paz do Senhor seja convosco.
Bem, está é a segunda carta da série, e na passada eu falei um pouco sobre a primeira semana de Janeiro...as coisas vão andar mais rápido agora. XD
Como eu estava dizendo, subitamente fui lançado no meu primeiro campo missionário: o hospital.A última coisa que me lembro era de estar no pronto socorro de um hospital público no subúrbio do Rio, não conseguia enxergar (devido ao inchaço) e estava a caminho de uma sala para observação.
UMA SEMANA DEPOIS acordo do mais louco dos sonhos para entrar em um dos piores pesadelos... os sedativos me deixavam desnorteado... eu estava com muita fome e não entendia por que por mais que eu gritasse ninguém me atendia...Amarrado, com um furo no pescoço e uma máquina conectada a ele, mal conseguia enxergar e me mexer também; era um desafio.
Foi assim que acordei na UTI do Quinta D'Or.
Demorou um pouco até eu finalmente entender o que se passava e muito mais para me acostumar com a idéia de estar em uma UTI (até hoje me sinto mal quando penso naqueles dias).
Mas foi lá, que eu tive de aprender a ser humilde, a ser cuidado por outros, a depender (nada mais desconfortável do que a dependência de outros para limparem seu bum bum depois de fazer cocô), aprendi também o valor da família, de ter a mãe e a vovó do lado, do Corpo de Cristo que me sustentou o espírito com suas orações...
Certa noite eu não conseguia dormir... minha avó e minha mãe já tinham ido embora pois dormiam na casa de uns irmãos lá do Rio, daí eu chamei uma enfermeira e pedi uma bíblia.
Por um momento ela não entendeu, literalmente, mas após algumas tentativas ela se propôs a procurar; e ela acabou por encontrar uma com outra enferrmeira, esta guardava uma bíblia em seu carro pois já havia frequentado a igreja, daí ela me emprestou, mas eu não conseguia ler.
Os remédios e uma semana de sedativos me deixaram com um problema na focalização da minha visão... daí eu pedi pra enfermeira ler pra mim, se não fosse atrapalhá-la, e ela então começou a ler. pedi que lêsse ATOS... naquela noite fomos até o capítulo 9 e assim lemos todas as noites depois que todos os outros doentes dormiam e eu ficava acordado com insônia.
Bem, com o passar dos dias fiquei conhecido como: "tigre de Deus" ou o "menino da Bíblia"... alguns enfermeiros mesmo sem ouvir sobre mim nem me conhecer perguntavam de cara se eu era evangélico... diziam que eu emanava algo diferente.
Minha avó (Lídia) e minha mãe (Vanêssa) também não perderam tempo falavam do amor de Deus e da salvação em Jesus Cristo a todos os que passavam pela minha cama, e até mesmo para os pacientes dos outros leitos, com músicas, testemunhos e amor, principalmente AMOR.
A nossa passagem por lá de certo não foi por acaso, muito menos em vão, ao todo foram 11 dias na UTI.Por fim saí da UTI, passei mais 5 dias internado no hospital sob observação com minha mãe, mas já sem a minha vovó, e pude ver o que Deus fez...4 pessoas voltaram para Jesus (duas delas foram as enfermeiras da noite em que pedi a bíblia)3 ou + se converteram (duas faxineiras que foram tocadas pela fé da minha mãe e da minha avó e pelo milagre em minha vida e ainda um outro paciente da UTI chamado Manoel acometido por um problema pulmonar, vive pelas máquinas e já não saia da UTI a um ANO!), e com certeza mais um bocado de outras pessoas foram movidas pelo que Deus fez na minha estada lá naquele hospital... enfermeiros, fisioterapeutas, médicos, auxiliares todos maravilhados com o poder de Deus de tirar um menino da cova para que se cumpram Seus planos retos e verdadeiros.
Deus foi Fiel. Com sempre. Me deu forças e eu consegui sair daquela...eu pensava ser o fim, mas era só o começo.Peço desculpas pela demora na continuação, firmo um compromisso de escrever toda semana continuando de onde parei.Obrigado pela paciência e pelas orações.
Rubinho
'Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.' (2Co 4.18)"

Testemunho do Rubinho (1)

Olá!
Paz do Senhor!
Quero compartilhar com você o testemunho de vida do Ruben, um jovem de 18 anos, neto da missionária Lídia Fernandes, que atravessou momentos difíceis em 2008 e quer compartilhar conosco o que Deus tem feito em sua vida.Vale a pena ler e orar por este moço!
"Pois é... 2008 passou e deixou muitas marcas, muitas lições, muito amadurecimento emocional e espiritual.por meio de uma série de e-mails eu vou tentar passar pra vocês, meus companheiros na fé e ajudadores, um pouco do que eu aprendi no ano passado.
Uma retribuição pequena comparada a tudo aquilo que me foi dado pela graça. Pra começar... O começo.
Nos primeiros dias do ano passado eu já sabia que estava a caminho de uma fase inteiramente nova na minha vida, eu iria ingressar na JuMeMi (Juvenil Metodista em Missão) um projeto de missiologia direcionado para adolescentes.
Quanto eu aprendi lá! Conheci um Pai apaixonado que enviou seu Filho para salvar sua tão amada criação, e assim, me apaixonei de verdade por esse Pai e também por aqueles pelos quais ele enviou o seu Filho. (Jo 3.16)
Aprendi que a missão não é fácil (1 Co 9.25), o treinamento é bem duro lá no projeto, e é coisa séria, pois estamos em guerra contra os principados e potestades desse mundo (Ef 6.12), mas que precisa ser cumprida, e se nós , a igreja, não formos... quem vai? (Rm 10.14)
Aprendi que o melhor que um jovem pode fazer de sua vida é dedicá-la plenamente a obra de Deus, a despeito de todas as adversidades e opiniões contrárias, muitas vezes vindas da própria igreja.(1Tm 4.12)Mas sem dúvidas a lição mais preciosa de todas foi amar a Deus acima de TODAS AS COISAS. (Dt 6.5)
Nunca tinha visto o poder de Deus se manifestar da forma como fizera naqueles dias no meio daqueles juvenis. era como estar no alto do monte do Senhor, até que o "sim" que eu dei diante do chamado caiu sobre mim e então fui para o meu primeiro campo missionário: o hospital.
Continuarei em breve em minha próxima carta.
'Recebam o amor que tenho por todos vocês em Cristo Jesus. Amém.' (1Co 16.24)".

Mais um selinho!


A Eveline, a blogueira assembleiana mais fashion que conheço, rs, me indicou para receber um selinho.Quanta honra!Obrigada, Eveline!

Bem...agradecimento registrado, prossigo cumprindo as regras para quem recebe o prêmio:

1- Exibir a imagem do selo “Olha Que Blog Maneiro” que você acabou de ganhar!
2- Postar o link do blog que te indicou.
3- Indicar 10 blogs de sua preferência.
4- Avisar seus indicados.
5- Publicar as regras.
6- Conferir se os blogs indicados repassaram o selo e as regras.
7- Enviar sua foto ou de um(a) amigo(a) para
olhaquemaneiro@gmail.com, juntamente com os 10 links dos blogs indicados para vericação(Caso os blogs tenham repassado o selo e as regras corretamente, dentro de alguns dias você receberá 1 caricatura em P&B).
O endereço do blog da Eveline é:http://blogdaeveline.blogspot.com/
Os blogs que indico são:


This is our God-Hillsong

A tua graça é o suficiente/É mais do que eu preciso/Na sua palavra eu acreditarei/Eu espero por Ti/venha para perto de mim outra vez/Deixe o seu espírito me fazer novo/Eu me prostrarei aos teus pés/Eu me prostrarei aos teus pés/E te adorarei aqui/Com a tua presença em mim/Jesus ilumina o meu caminho/Pelo poder da tua palavra/Eu sou restaurado/Eu sou redimido/Pelo teu espírito eu sou livre/Você nos deu tudo isso de graça/Abandonou a sua vida lá naquela cruz/Grande é o amor/Que você derramou em nós/Esse é o nosso Deus/Exaltado nas alturas, da morte para a vida/Para sempre o nosso Deus será glorificado/Servo e Rei/Você salvou o mundo/Esse é o nosso Deus

Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo

A negação, o amargor da alma e a morte de Jesus empurraram Pedro para antiga vida de pescador.Agoram estavam esquecidos o evangelho, os milagres, as pregações, as visitas, as conversões e seus temas de interesse seriam aqueles relacionados à pesca:barcos, mar, redes e peixes.
Fracasso espiritual.Eis aqui um algo dificílimo de viver.Considero um dos piores desertos a atravessar.Imagino que os pensamentos de Pedro invadiam sua mente:Por acaso Deus usaria alguém que o negou?Não sou digno de continuar os passos do Mestre!Vou voltar à velha vida.
Se sua fé já foi esmagada como o trigo, você sabe do que estou falando.Somente Deus e mais ninguém é capaz de curar um coração despedaçado, como foi o de Pedro, trazendo-lhe esperança, cura, renovo e uma nova oportunidade.
Jesus sabia tanto disso que criou uma situação muito especial para estar com Pedro: uma milagre seguido de uma ceia:
Depois disto manifestou-se Jesus outra vez aos discípulos junto do mar de Tiberíades; e manifestou-se assim:Estavam juntos Simão Pedro, e Tomé, chamado Dídimo, e Natanael, que era de Caná da Galiléia, os filhos de Zebedeu, e outros dois dos seus discípulos.Disse-lhes Simão Pedro: Vou pescar. Dizem-lhe eles: Também nós vamos contigo. Foram, e subiram logo para o barco, e naquela noite nada apanharam.E, sendo já manhã, Jesus se apresentou na praia, mas os discípulos não conheceram que era Jesus.Disse-lhes, pois, Jesus: Filhos, tendes alguma coisa de comer? Responderam-lhe: Não.E ele lhes disse: Lançai a rede para o lado direito do barco, e achareis. Lançaram-na, pois, e já não a podiam tirar, pela multidão dos peixes.Então aquele discípulo, a quem Jesus amava, disse a Pedro: É o Senhor. E, quando Simão Pedro ouviu que era o Senhor, cingiu-se com a túnica (porque estava nu) e lançou-se ao mar.E os outros discípulos foram com o barco (porque não estavam distantes da terra senão quase duzentos côvados), levando a rede cheia de peixes.Logo que desceram para terra, viram ali brasas, e um peixe posto em cima, e pão.Disse-lhes Jesus: Trazei dos peixes que agora apanhastes.Simão Pedro subiu e puxou a rede para terra, cheia de cento e cinqüenta e três grandes peixes e, sendo tantos, não se rompeu a rede.Disse-lhes Jesus: Vinde, comei. E nenhum dos discípulos ousava perguntar-lhe: Quem és tu? sabendo que era o Senhor.Chegou, pois, Jesus, e tomou o pão, e deu-lhes e, semelhantemente o peixe"(João 21:1-10).
Nossa fé é revigorada quando vemos nosso Deus operando por nós o que seria impossível.A fé de Pedro precisava ser turbinada.A partir daqui uma nova linguagem chegava ao seu coração: Jesus não operava milagres porque Pedro e os outros discípulos mereciam, mas porque Ele os amava.Não tinha nada a ver com méritos ou coroações mas com o favor imerecido de Deus, com Sua Graça.
Depois do jantar, Jesus indagou-o diretamente: Pedro, tu me amas?Por três vezes o Mestre perguntou e por três vezes ele afirmou que sim.Na mesma proporção em que Pedro o negou, teve oportunidade de afirmar seu amor, só que dessa vez, reconhecendo o senhorio absoluto de Cristo e sua dependência Dele:" Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo".
Uma vez humilhados e reconhecendo nossa dependência, abrimos caminho para a Graça de Deus alcançar as profundezas do nosso coração e curar toda ferida.Megulhar na Graça, nos permite compreender que somos chamados porque Ele nos amou primeiro, não porque somos melhores.Quem passou por essa estrada entende de uma vez por todas quão pecador e imerecedor das bençãos de Deus é.Essa atitude inevitavelmente nos leva a rendição e adoração.

Se o fracasso espiritual te atingiu, a Graça é suficiente para levantar-te e fazer-te prosseguir.Assim como a promessa inicial de Deus na vida de Pedro (de que ele seria um pescador de homens) não foi frustrada, na sua vida também não será.Se Ele te chamou para servi-lo no reino, desempenhando algum ministério e você fracassou espiritualmente e tem pensado em voltar à antiga vida, é hora de se preparar.A qualquer momento, Ele fará um milagre e estará juntinho de você perguntando se você o ama porque os projetos Dele para sua vida ainda estão de pé.

"E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros.Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas"(João 21:15-17).

como fui capaz de fazer isso?

"Então, prendendo-o, o levaram, e o puseram em casa do sumo sacerdote. E Pedro seguia-o de longe.E, havendo-se acendido fogo no meio do pátio, estando todos sentados, assentou-se Pedro entre eles.E como certa criada, vendo-o estar assentado ao fogo, pusesse os olhos nele, disse: Este também estava com ele.Porém, ele negou-o, dizendo: Mulher, não o conheço.E, um pouco depois, vendo-o outro, disse: Tu és também deles. Mas Pedro disse: Homem, não sou.E, passada quase uma hora, um outro afirmava, dizendo: Também este verdadeiramente estava com ele, pois também é galileu.E Pedro disse: Homem, não sei o que dizes. E logo, estando ele ainda a falar, cantou o galo.E, virando-se o Senhor, olhou para Pedro, e Pedro lembrou-se da palavra do Senhor, como lhe havia dito: Antes que o galo cante hoje, me negarás três vezes.E, saindo Pedro para fora, chorou amargamente"(Lucas 22:54-62).
Jesus advertiu Pedro falando-lhe algo que aconteceria num futuro próximo, entretanto, ele não acreditou e independemente do posicionamento do discípulo, a palavra do Senhor se cumpriu.Alguma vez você foi advertido por Deus sobre uma atitude pessoal que traria prejuízos, duvidou, e teve que lidar com os prejuízos dela?
Pedro negou a primeira e segunda vez e não lembrou o que Jesus havia dito.Na terceira vez a palavra cumpriu-se e o Senhor olhou para ele.Imagine o peso desse olhar!Creio que esse momento foi crucial para Pedro.Teimar com o Senhor e obstinar o coração para satisfazer a vontade própria é algo que sempre trará problemas.Inevitavelmente ocorrerão conflitos, confusão, frustração, dor e amargor.
O choro de Pedro deve ter feito ele lembrar todo o seu passado e história ao lado de Jesus.Depois de tantas constatações, talvez tenha pensado: como fui capaz de fazer isso?Em determinados momentos de nossa história, estamos tão cheios de nós mesmos que nem Deus aguenta.Então, Ele permite que nosso adversário nos toque. Permite que tropecemos. Permite que nos machuquemos. Nos coloca de "castigo", no cantinho da disciplina (como diria a super Nany, rs), sozinhos, para que possamos pensar quão exaltados nos tornamos.
Na vida cristã a humilhação faz parte do processo de amadurecimento.Espiritualmente falando, quanto mais crescidos somos, mais dependentes de Deus nos tornamos.Se você tropeçou, caiu, e tem chorado o amargor de ter negado Jesus, porque se julgou "mais sabido" do que Ele, em qualquer área da sua vida, saiba que o Mestre permitiu tudo isso acontecer, para te ensinar.
No final de todo o processo, você poderá compreender que Ele sempre teve razão.Sua visão alcança nosso futuro e Ele sempre fará o melhor para nossas vidas.Embora, algumas vezes, choremos e nos esquivemos da disciplina, seus propósitos se cumprirão em nós assim como se cumpriram na vida de Pedro.

Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo

"Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo;Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos.E ele lhe disse: Senhor, estou pronto a ir contigo até à prisão e à morte.Mas ele disse: Digo-te, Pedro, que não cantará hoje o galo antes que três vezes negues que me conheces"(Lucas 22:31-34).

No mundo espiritual acontece situações que jamais poderíamos conhecer se não nos fosse revelado.Cirandar o trigo significa submetê-lo à pesadas rodas de pedra que o esmagam em movimentos circulares.Imagine o que significou para Pedro a revelação de que Satanás tramava destruir sua fé.Como você reagiria diante de uma notícia assim?

Pedro negou-se a acreditar em Jesus.Talvez ele tenha feito uma rápida revisão no seu currículo ao lado do Mestre.Presenciara tantas manifestações de poder e reconhecia que Cristo é o Filho de Deus.Jamais seria capaz de negar seu Senhor.Era muito absurdo!Sua conclusão foi muito rápida: isso não faz sentido, Senhor!E ainda acrescentou: " estou pronto a ir contigo até à prisão e à morte".
Jamais devemos ignorar os ardis de Satanás.Seu plano para nos roubar, matar e destruir não está ultrapassado.Essa é sua tentativa dia após dia.Quando o Espírito Santo revelar as estratégias do Inimigo contra sua vida, não duvide(!), ainda que pareça impossível de ser atingido.
Os segredos do Céu e do mundo espiritual são revelados para aqueles que temem ao Senhor.Se você atravessa uma situação parecida com a de Pedro, faça exatamente o que ele não fez: não prometa a Deus coisas que você não poderá cumprir.Não confie em si mesmo, confie no Senhor e aprenda a depender da sua infinita graça e misericódia.
Saiba que assim como o Senhor intercedeu junto ao Pai pela vida de Pedro, para que sua fé não esmorecesse, continua também a interceder por você.Ele é o Deus que te ajuda e sustenta.O céu inteiro se alegra quando você não desfalece porque reconhece que é sustentado pela graça de Deus.

07 fevereiro, 2009

Desert Song - Hillsong

Do fundo do baú (1)

De vez em quando, postarei aqui algumas músicas antigas.Dessas que você só aprende quando vai num círculo de oração da Assembléia de Deus ou quando algum irmão mais idoso abre seu caderninho, cheio de hinos antigos e começa a exaltar a Deus de maneira muito singular.
Para começar, como toda boa pentecostal, achei um hino de 1977 da cantora Shirley Carvalhaes.Que Deus possa te visitar enquanto você ouve pela primeira vez ou então, relembra essa canção.

"Não removas os limites antigos que fizeram teus pais"(Provérbios 22:28).

04 fevereiro, 2009

Ele te ama!

Tudo aquilo que ele planejou, desmoronou.A vida nesses últimos tempos lhe trouxe muitas surpresas desagradáveis.Ocorreu um acúmulo de perdas.
No início, ele se esforçou, deu o melhor de si, tentou não se deixar levar pelas agruras de cada situação.O tempo passou e as perdas deixaram feridas que insistem em não cicatrizar.
Sua maior luta agora é para não deixar morrer o resto da fé que ainda lhe resta.No meio de um caos interior e exterior, apenas uma oração em seu pensamento: não posso mais, não consigo continuar, Deus me ajude!
Quando menos esperava, no meio de seu silêncio, perdido numa tristeza que parecia não ter fim, ouviu uma voz suave que dizia:Você desistiu de você mesmo, mas EU não.

*************************

Jamais seremos capazes de compreender com exatidão o amor de Deus para com seus filhos.É incrível onde a mão de Deus pode chegar para nos alcançar, renovar a esperança e alegrar nossos corações.Se você chegou até este blog hoje, a mensagem do céu pra você é muito simples:

"Deus ama você. Pessoalmente. Poderosamente. Apaixonadamente. Outros prometeram e falharam, mas Deus prometeu e cumpriu. Ele ama você com um amor inesgotável" (Max Lucado).

Jamais esqueça disso.

01 fevereiro, 2009

Bethesda

(Sérgio Lopes)
Quem pode me levar ao tanque dos milagres, em Bethesda?
Preciso me curar, preciso me lavar, voltar a vida...
Mas como vou chegar, não posso caminhar, andar sozinho
A vida me feriu e o tempo que passou me enfraqueceu
Mas sei que o poder que ao tanque vem descer não vem das águas
Mas vem de algum lugar que ninguém sabe achar, ninguém consegue ver
Não quero apenas ser curado e então viver o que antes não vivi
Mas quero conhecer o Dono do Poder que desce aqui
O meu milagre vou esperar
Eu não vou desistir
Sei que um dia encontrarei, face a face eu verei o Dono do Poder
E mesmo que não venha hoje, esperarei
Creio nas promessas que me fez
Se no tanque eu não chegar
Sei que me encontrará o Dono do Poder