04 outubro, 2009

Recomeçando

Pacientes que necessitam fazer uma amputação de membro podem apresentar nos primeiros dias pós-cirurgia um sintoma que a ciência define como dor fantasma.Ocorre que o paciente refere sentir dores no membro que não existe mais.Isso acontece porque no coto da amputação ainda permanecem terminações nervosas que enviam para o cérebro mensagens de que aquele membro ainda está lá, trazendo confusão de informações.
O fisioterapeuta trabalha nessa área fazendo a desensibilização do coto, analgesia e fortalecimento da musculatura que foi preservada preparando aquele membro para receber uma prótese de maneira que sua função seja aproveitada ao máximo e o paciente tenha uma vida com independência e qualidade.
A mensagem do céu de hoje tem a ver com perdas.Com situações da vida que atravessamos e por algum motivo, sofremos amputações bruscas.Perdas que jamais serão restituídas.Amputações que provocam dor, frustrações, tristezas.Que atrapalham nossa caminhada.Aquelas que são percebidas por qualquer pessoa que olha para nós.Perdas que foram provocadas por irresponsabilidade ou circunstâncias que não podemos controlar, embora tenhamos feito tudo e mais um pouco para evitá-las.
Nas perdas definitivas, o sintoma da dor é insistente.Embora o que foi perdido não esteja mais ligado a nossa vida, a dor fantasma vez ou outra bate à porta, nos impedindo de continuar a viver com qualidade.Nesse momento, por mais difícil que seja, é tempo de tentar se organizar para tomar consciência de que o que passou, passou.Buscar tratamento correto para as sequelas do ocorrido e tentar RECOMEÇAR.
Lembremos da história de José que afastado brusca e injustamente da sua família, procurou prosseguir sua vida, construindo uma nova história dentro das suas possibilidades.Do povo que precisou viver tanto tempo no cativeiro e que foi incentivado a ter esperança e recomeçar.De Noemi que achou que Deus havia coroado sua vida de amarguras, mas na verdade, estava preparado um consolo muito maior e tempos de paz para aquela viúva.
A reabilitação física nos casos de amputação depende muito do fisio e de quais técnicas serão utilizadas para atingir os objetivos clínicos do tratamento.Entretanto, não podemos esquecer que o paciente é um colaborador essencial da terapia.Na reabilitação do céu as coisas funcionam da mesma maneira.
O Espírito Santo conhece melhor do que qualquer pessoa as perdas que sofremos no curso da vida.Está a consolar, intercedendo por nós com gemidos inexpremíveis, disposto a curar as feridas do nosso corpo, alma e espírito.Não é da sua vontade que andemos cabisbaixos e sejamos maltratados pela dor fantasma.
Se você atravessa uma situação assim, hoje mesmo, Ele quer trazer para sua vida óleo de alegria ao invés de pranto, veste de louvor no lugar de espírito angustiado, uma coroa ao invés de cinzas.Só precisas abrir a porta do seu coração, cooperar, confiar no Seu trabalho e Poder.
O Senhor te encoraja a prosseguir de cabeça erguida, sem olhar para trás, sabendo que Ele está com você.Como será o futuro, sem o que você perdeu?É melhor deixar com Ele.Guarde apenas uma certeza:há esperança.Se você conseguiu sobreviver a uma grande perda, isso já é um bom sinal.Recomece a vida, se revista na força do Senhor e descanse seu coração porque o futuro que Ele reserva para você, é de paz.

2 comentários:

Luiz Clédio Monteiro disse...

Ola Dani.
Você arrasou com esse texto, desensibilização e suas ações. Muito bom. Parabéns pela benção recebida com Espírito Santo.
Vou seguir seu blog.

Seja também seguidor do meu blog (Doutrina de Cristo).
Ele foi criado para abençoar a sua vida, com artigos
preparados para tocar o seu coração!
E mais ...
Inscreva-se e receba atualizações por email.
PS - Mas todas estas coisas são o princípio de dores.
Mateus 24:8

D@ni disse...

Olá, Luiz!
Obg pelo elogio, ao Senhor toda a Glória!
Estarei, em breve conhecendo seu blog.
Deus te abençoe!
Dani