13 agosto, 2009

Jacó e Raquel

Jacó era um recém-chegado à terra de Harã.Estava ali, procurando pelos parentes da sua mãe, mais precisamente, seu tio Labão.Conversando com alguns pastores, junto ao poço da cidade, foi informado que uma de suas primas se aproximava para dar de beber as ovelhas que cuidava.A moça se chamava Raquel, destacava-se por sua beleza e trabalhava como pastora.
Foi assim que Jacó viu Raquel pela primeira vez.Um encontro inesperado.Ele procurava sua parentela, ela fazia seu trabalho cotidiano.Ela foi achada por ele e nem sabia que estava perdida, rs.Nem de longe eles podiam imaginar o que aconteceria num futuro próximo.
Jacó apresentou-se a Raquel que o levou até seu pai.Apresentações concluídas, o moço passou a trabalhar para o tio e morar com ele.Provavelmente, a convivência diária com Raquel, possibilitou o surgimento de um sentimento especial por ela.
Certo dia, Labão dirigiu-se a Jacó, e perguntou-lhe quanto queria ganhar pelo trabalho desenvolvido pois não achava justo que o sobrinho trabalhasse sem receber remuneração.Então, Jacó firmou um compromisso com ele:trabalharia sete anos e ao final desse tempo, receberia a Raquel como esposa.
Ler essa história nos surpreende pelo conteúdo da proposta.E muito mais pela descrição de como foi para Jacó atravessar os sete anos de espera!Não, ele não ficou desesperado.Não duvidou em seu coração se teria Raquel.Não murmurou pelo trabalho cansativo.A Biblia nos conta que aqueles dias para Jacó passaram depressa, porque ele amava muito a Raquel!
Impressionante o que o amor verdadeiro é capaz de fazer alguém suportar.Interessante a maneira como Deus encheu de amor o coração de um homem por uma mulher e perfeito o registro das Escrituras acerca dessa história que poderia ter se perdido no tempo.Pense nisso, ela não está aqui por acaso.
Certamente, Deus tem separado(a) para você a pessoa que alegrará seu coração, que te amará e te honrará permitindo que você desfrute da bênção do namoro, noivado e casamento.Se você ainda não o(a) encontrou, sossegue seu coração.Qualquer hora dessas, inesperadamente, Ele fará acontecer "o encontro" como fez com Jacó e Raquel.E serás "achado(a)" por alguém, rs.
Por outro lado, se você já encontrou, é tempo de construir um bom relacionamento, valorizando a pessoa que o Senhor te deu e de desfrutar da grande maravilha que é amar e ser amado.
"E Labão tinha duas filhas; o nome da mais velha era Lia, e o nome da menor Raquel.Lia tinha olhos tenros, mas Raquel era de formoso semblante e formosa à vista.E Jacó amava a Raquel, e disse: Sete anos te servirei por Raquel, tua filha menor.Então disse Labão: Melhor é que eu a dê a ti, do que eu a dê a outro homem; fica comigo.Assim serviu Jacó sete anos por Raquel; e estes lhe pareceram como poucos dias, pelo muito que a amava"(Gênesis 29:16-20).

Nenhum comentário: