22 março, 2009

Texto da vivi (1)

A mensagem do céu de hoje é uma contribuição de Viviane Ramalho, uma amiga quase blogueira, conhecida como garota pé-na-estrada porque vive com um pé em João Pesoa e o outro no mundo.Esse texto foi escrito em 05/01/2006 e estava guardado debaixo de sete chaves, rs, até que aprouve ao Senhor torná-lo público para abençoar a minha e a sua vida:
"... o SENHOR tem o seu caminho na tormenta e na tempestade..."(Naum 1:3)
A cada dia um desafio, mas precisamos estar sempre prontos para enfrentar as coisas dessa vida. Eu e você, servas do Senhor, discípulas do Rei Jesus, amadas do Pai, somos a cada manhã desafiadas a permanecermos em santidade, cultivando em nós os frutos do Espírito Santo de Deus. Não é fácil seguir esse caminho, não é fácil permanecer firme quando os nossos olhos não conseguem enxergar o escape que tantos necessitamos para prosseguir.
Quantas vezes precisamos de uma palavra de consolo, de um incentivo para prosseguir quando tudo está tão difícil, quando nossos olhos não vêem saída, quando nossos sonhos parecem tão distantes da realidade.
E muitas vezes nossa fé parece tão pequena, nosso coração tão apertadinho e tudo que desejamos é pular nos braços do Senhor, chorar quieta e dizer a ele: “Ah Senhor, como eu preciso de ti”.Quantas vezes nossa alma anseia ser restaurada das angustias do dia a dia, das preocupações que tanto nos aflige e que faz o nosso coração doer e se sentir tão sozinho. Quantas vezes a gente só deseja o consolo do Senhor para renovar nossa esperança, nossa pequena fé.
E oramos ao nosso Deus, pedindo a ele que nos ajude nessa caminhada, que coloque em nós um coração brando, bondoso, longânimo, compassivo. Mas muitas vezes isso é tão difícil. Muitas vezes desanimamos e ate falhamos no meio do caminho.
Quando a tempestade e a tormenta começam a aumentar, nosso coração teme e assim como os discípulos fizeram, fazemos também, nos apavoramos e gritamos pelo Mestre, mas ele esta tão pertinho, na proa do barco, mas nos esquecemos, porque achamos que o temporal vai nos derrubar e varrer nossa vida e destruir tudo.
Nos esquecemos que o Mestre continua conosco e que “há uma benção na tempestade e haverá frutificação no “após”.

Nenhum comentário: