26 outubro, 2008

Pense nisso!


"Toda ação de nossa vida toca alguma corda que vibrará na eternidade"
(E. H. Chapin)

20 outubro, 2008

E o prêmio vai para...

Gente, hoje tive uma bela surpresa ao passar pelo blog!

O Martins, do Blog Cabeça de Crente, indicou o Blog do Céu para receber o prêmio Dardos...
e o selo Rafeiros:

"O Prêmio Dardos reconhece os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras".

"Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web."

As regras para aceitar o Prêmio Dardos são:

1. Aceitar exibir a distinta imagem e cumprir as regras; 2. “Linkar” o blog do qual recebeu o prêmio; 3. Escolher 15 blogs para entregar o Prêmio.

As regras para aceitar o Selo Rafeiros são:

1. Colocar o selo no seu blog; 2. Adicionar o link do blog que lhe ofereceu o prêmio; 3. Indicar no mínimo 07 outros blogs; 4.Adicionar no seu blog os links desses outros que você acabou de premiar; 5.Comunicar os premiados.

Quero agradecer a lembrança, reconhecimento e o carinho do Martins e fazer minhas indicações:

SELO RAFEIRO E PRÊMIO DARDOS:

http://bless-ochamado.blogspot.com/

http://adoradoradopapai.blogspot.com/

http://romanos12-2.blogspot.com/

http://n3ybarros.blogspot.com/

http://www.teologiapentecostal.blogspot.com/

http://papodeteologo.gospelmais.com.br/

http://altairgermano.blogspot.com/

http://amigadoamigo.blogspot.com/

http://www.blogdaeveline.blogspot.com/

http://cacholacrista.blogspot.com/

http://projetoabracar.blogspot.com/

http://www.vidadeadoracao.blogger.com.br/

http://nascidoparaadorar.blogspot.com/

http://cinegospel.wordpress.com/

http://segredodedavi.blogspot.com/

17 outubro, 2008

Fiel (Alex Campos con Marcos Witt)



Debes saber lo debes sentir
Que un minuto sin ti
Es una tormenta sin fin
Debes soñar, debes creer
Que al final llegaré
Contigo siempre yo estaré
Son aquellos momentos que me hacen vivir
Y si tu me faltaras moriria yo aqui
Fiel, tu has sido fiel
Aunque el mundo de una vuelta atras
Tu amor nunca se detendra
Fiel, tu has sido fiel
No importa cuan lejos esté
Tu presencia siempre sentiré
Fiel tu has sido fiel....

12 outubro, 2008

Assassinato

"E falou Caim com o seu irmão Abel; e sucedeu que, estando eles no campo, se levantou Caim contra o seu irmão Abel, e o matou"(Gênesis 4:8).

Um assassinato é algo muito cruel e causa indignação, dor e revolta.Todos esses sentimentos são multiplicados e agravados quando esse ato ocorre entre pessoas conhecidas, amigos, membros da família.

Conhecendo um pouquinho da história de Caim e Abel, me parece que Caim não suportava seu irmão até que resolveu tirá-lo de circulação e o fez de forma definitiva, marcando assim, o primeiro homicídio da história da humanidade.

Deus já havia advertido Caim quanto aos seus sentimentos invejosos e rancorosos:"Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante?Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar".
Entretanto, Caim fez ouvido de mercador. Seu plano estava traçado, não haveria testemunhas ou alguém que pudesse acusá-lo.Era definitivo:Abel seria eliminado e seus problemas estavam acabados.

Lendo essa história lembrei daquelas pessoas que são da igreja-organização mas não são da igreja-espiritual, e que não suportam em ver alguns da "linhagem da Abel" oferecendo sacrifícios e sendo aceitos por Deus(não há nada pior para um joio do que ser rejeitado porque o trigo foi escolhido) e então, a história se repete mais uma vez.

Na maioria das vezes o assassinato espiritual ocorre através de uma calúnia, de inveja, de difamações, de divisões, de oposição e tantas outras coisas, inclusive com requintes de crueldade psico-espiritual.
Fazendo uma conjectura, talvez Abel desconfiasse que seu irmão não ia muito com sua cara mas creio que jamais imaginaria que ele seria capaz de intentar contra sua vida! Sinceramente, eu não sei o que é pior.Se é a malignidade de pessoas como Caim ou o fato de ter um irmão e isso não provocar uma mínima tentativa de misericórdia ou ponderação na idéia do assassinato.

Infelizmente, encontramos nas nossas igrejas pessoas sinceras com Deus mas que estão feridas, amarguradas, algumas à beira da morte porque um dia inocentemente foram ao campo com seu irmão e sem misercórdia foram feridas.O que dizer então das que já morreram?Das que tiveram sua fé roubada?

O fato é que embora Caim tenha feito o que fez, houve um clamor de um morto que subiu a presença de Deus:E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra.

Não há Juiz melhor do que o Senhor.

Eles eram irmãos.Abel era inocente, Caim culpado.A agressão foi fatal.Nenhum ser humano testemunhou qualquer coisa.Caim continuou sua vida normamente.Acontece que Deus viu tudo.

Deus viu a tramóia, viu a dor, viu a traição, viu a morte.Deus viu e muito mais do que isso:Deus ouviu um clamor!O clamor de um sangue, porque sangue fala de vida.E Deus julgou essa causa retamente.

Há certas injustiças que sofremos na vida que só o Senhor pode julgar e nós só podemos clamar.Traições pelas quais passamos que somente Deus, que vê todas as coisas, pode dar o veredicto final.Principalmente quando somos vítimas de "irmãos".Lembremos que o Senhor não tem filhos preferidos e sempre será justo.

Isso tranquiliza meu coração.Principalmente quando vejo algumas arbitrariedades sendo cometidas nas igrejas-organização.Quando vejo assassinatos, quando sou ferida, no campo, por um irmão. Se você tem atravessado uma circunstância assim, nem se preocupe.O Senhor é justo e fiel, virá com providência no momento certo e da maneira que lhe apraz.
























Gn 4:4b

"...e atentou o SENHOR para Abel e para a sua oferta..." (Gn 4:4b).

Tenho o hábito de sentar nos primeiros bancos da igreja, mas o ar condicionado forte me fez mudar de lugar e ultimanente quando vou ao culto, fico na galeria.Esse lugar de certa forma é privilegiado porque nos traz uma visão panorâmica da igreja.Entretanto, se não formos muito convictos de que estamos ali para adorar ao Senhor, torna-se o lugar perfeito para observar a vida dos crentes, rs.
Da galeria, vi pessoas que adoravam, observadores, paqueradores, um verdadeiro desfile de moda, crentes convencidos e também vi os convertidos.Ir à igreja aos domingos, usar uma roupa e penteado legal, cumprimentar os irmãos é muito fácil...mas de fato...o que estou fazendo na igreja nos dias de culto?Qual é meu objetivo maior?Com essa simples mudança de lugar, o Espírito Santo me fez refletir sobre que tipo de oferta tenho oferecido ao Senhor.
Abel e Caim eram irmãos.Ambos prepararam suas respectivas ofertas, ofereceram ao Senhor e obtiveram respostas.Conhecemos a história e sabemos que Abel foi aceito e Caim rejeitado.Creio que em todos os cultos acontece isso.Nem sempre a atitude de adoração que vemos por fora é reflexo do que acontece por dentro.Quantos artistas temos na casa de Deus?!Será que estamos entre eles?!
Parece um assunto corriqueiro, mas é sério.Não tenho intenção de julgar ninguém até porque Deus faz isso melhor do que qualquer pessoa.Fiz minhas revisões e achei interessante deixar esse texto para que você também possa refletir e dar sempre seu melhor para o Senhor.
Quando nos apresentarmos diante Dele, de forma especial na sua casa, que seja em sinceridade, com algo que o agrade.Que não seja mais uma visita à igreja, mais um programa social ou motivo para tocar um instrumento.Que seja em retidão de coração, ansiando ouvir nosso Criador, adorá-lo por tantos benefícios concedidos e por tudo o que Ele é, conscientes de somos carentes de sua graça e necessitamos ser aceitos em sua presença.

Gn 1:1,2a

"No princípio criou Deus os céus e a terra.E a terra era sem forma e vazia" (Gênesis 1:1,2a).

No princípio de todas as coisas, quando Deus criou os céus e a terra, aparentemente, não havia beleza alguma, não havia sentido, não existia porquês...Se eu estivesse lá, com certeza, perguntaria porque Ele havia criado algo sem forma e vazio; Ficaria apavorada de ver trevas sobre a face do abismo e me surpreenderia ao saber que Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.

Apesar dessa atitude não fazer sentido para mim, para o Senhor não havia problema algum.Ele estava no controle, já havia planejado tudo, sabia exatamente o que estava fazendo e mais: sabia o que iria fazer.

Aquele que chama à existência as coisas que não existem, o Deus Criador, dia após dia foi revelando seu poder criador, sua criatividade, sua majestade, sua preocupação com os detalhes e temos todo o relato da criação com o registro de Deus ao final de cada dia: hoje fiz um bom trabalho.

Ao sexto dia, observando todas as coisas, o relatório final foi diferente:as coisas criadas ficaram muito boas!O que era sem forma e vazio agora recebeu uma beleza ímpar e jamais vista.Deus trabalhou e o resultado do seu trabalho foi fantástico.

Você tem alguma dúvida de que Deus chama a existir coisas que não existem?Talvez algo em sua vida já foi criado, mas ainda está sem forma e vazio...Talvez você fique confuso, algumas vezes, não compreendendo porque tem um diploma, mas não consegue encontrar um emprego ou ainda porque vive cercado de tantas pessoas mas não tem amigos de verdade.A terra já foi criada mas ainda está tão sem forma e vazia...

Ainda que você não entenda, espere o trabalhar Daquele que não dorme, não se cansa nem se fatiga.Deus continua trabalhando e tudo o que Ele cria, através do Seu Espírito (por, para e em nós) é bom.Tenha certeza de que não está longe.Está no controle, bem perto, trabalhando dia a dia.O resultado final você já sabe, né?Vai ser muito bom porque foi construído pelo Criador dos céus e da terra.









11 outubro, 2008

Por falar em tempestade...(2)

E por falar em tempestade...(1)

De novo?

Recebi esse texto por e-mail e quero compartilhar com você:

"... a fim de que se chamem carvalhos de justiça, plantados pelo SENHOR para a sua glória."
(Is 61.3)

Você, assim como eu, já teve a sensação de estar passando por um mesmo problema, uma situação difícil, uma luta, uma enfermidade, um desemprego, uma traição, dívidas, mais de uma vez? Parece que a coisa está se repetindo... E claro, fazemos de tudo para sair delas o mais rápido possível. Oramos, jejuamos, buscamos solução e... ufa! Graças a Deus passou.
Mas, de repente, aparece tudo de novo. Não são exatamente iguais, mas parece que a lição a ser aprendida é a mesma que de outra ocasião. E se for, por quê? O que foi que eu não aprendi da outra vez, para estar nesta situação novamente? O que Deus está querendo me mostrar com tudo isso?
Em muitas ocasiões nós acabamos buscando uma saída mais fácil, ou sem querer pegamos um atalho, e Deus na sua infinita bondade e misericórdia nos permite voltar atrás, ao ponto onde paramos, e aprendermos a lição toda para então seguirmos em frente. Mas há ocasiões em que toda a lição foi assimilada e houve aprovação. Então porque nos parece que ela está se repetindo?Talvez, Deus esteja simplesmente forjando teu caráter e permitindo que você se torne como um carvalho.
O carvalho é uma árvore usada pelos botânicos e geólogos como um medidor de catástrofes naturais do ambiente. Quando querem saber o índice de temporais e tempestades ocorridas numa determinada floresta, eles observam logo o carvalho (existindo no local, é claro), que naturalmente é a árvore que mais absorve as conseqüências de temporais. Quanto mais temporais e tempestades o carvalho enfrenta, mais forte ele fica! Suas raízes naturalmente se aprofundam na terra e seu caule se torna mais robusto, sendo quase impossível uma tempestade arrancá-lo do solo ou derrubá-lo!
Cada tempestade para um carvalho é mais um desafio a ser vencido e não uma ameaça! Numa grande tempestade, muitas árvores são arrancadas, mas o carvalho permanece firme! Assim somos nós. Quando permitimos que Deus nos trate, Ele nos torna fortes, robustos, inabaláveis, fonte de inspiração e de fortaleza para os cristãos mais novos que precisam de heróis na atualidade, para saberem que Deus continua agindo no meio do seu povo como fazia nos tempos da Bíblia.
Se você está passando por lutas muito grandes por estes dias, pense como o carvalho... é só mais uma tempestade que o tornará mais forte.
"O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia, mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se." (2Pe3:9)
(Texto escrito por Sandra Torres, enviado por Adriana Ferreira da Silva para o Grupo Geração Débora em 2 de setembro de 2008)

Introspectiva

Olá!
Aqui estou de volta depois de 1 mês sem postar...
Quanta coisa ocorre em um espaço de tempo tão pequeno, não?Estive doente em boa parte desses dias o que me fez passar muito tempo introspectiva.
Sabe, e em meio aos meus pensamentos e às notícias do céu que chegavam ao meu coração, aprendi que o silêncio (da nossa parte, do outro e até mesmo de Deus!), em alguns momentos é mais importante (e porque não dizer?), a melhor resposta quando queremos falar e ouvir muitas coisas...
Estou voltando aos posts aos poucos e, por enquanto, deixo com você esse pensamento:
"O exercício do silêncio é tão importante quanto a prática da palavra"(William James).