11 setembro, 2008

Deus Tu És (Nani Azevedo)

"Direi do SENHOR:

Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e Nele confiarei."

(Salmos 91:2)

08 setembro, 2008

A armadura de Saul não serve para Davi

"E Saul vestiu a Davi de suas vestes, e pôs-lhe sobre a cabeça um capacete de bronze; e o vestiu de uma couraça.E Davi cingiu a espada sobre as suas vestes, e começou a andar; porém nunca o havia experimentado; então disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca o experimentei. E Davi tirou aquilo de sobre si.E tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco seixos do ribeiro, e pô-los no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão, e lançou mão da sua funda; e foi aproximando-se do filisteu"(1Samuel 17:38-40).
Ontem à noite, essa palavra bradou em meu coração:a armadura de Saul não serve para Davi!Fui de enconto ao texto bíblico e quero compartilhar com você algumas coisas do céu.
Saul já havia enfrentado algumas batalhas e certamente sua armadura já o havia livrado de alguns ferimentos, talvez até tenha trazido uma certa imposição ou "presença" de um grande guerreiro diante do inimigo, a ponto de ser considerada por ele, como um acessório indispensável para entrar num combate.
Davi, por sua vez, também já havia travado alguns combates mas sem uma armadura.Obedecendo a voz do rei, o moço aceitou colocar todo aquele traje e foi vestido pelo próprio Saul!Entretanto, em suas primeiras passadas, chegou ao seu coração um compreensão maior.A armadura não era dele.O que era de Saul servia apenas para Saul, jamais para Davi!
Fiquei pensando na sensibilidade espiritual de Davi.Ele poderia ter acatado a ordem de Saul, poderia ter desfilado, mesmo aos trancos e barrancos, diante do povo de Israel com aquela armadura, e poderia ter ficado frente a frente com Golias, com os aparatos de guerra ditados pela época.Entretanto, Davi compreendeu algo especial a caminho da batalha.
A vitória viria não por causa de espadas, lanças, armaduras ou qualquer outra acessório de combate e defesa do guerreiro.Mas viria "porque do SENHOR é a guerra...(v.17b)" e Ele traria a vitória.Davi compreendeu isso e foi de encontro a Golias em nome do Senhor dos Exércitos.
Ainda aprendo com esse texto que somos únicos nessa terra.Deus deu armadura para Saul e um cajado e pedras para Davi e não dava para fazer trocas.O primeiro aparentemente tão preparado, não teve coragem de ir ao combate.O segundo por sua vez, se dispôs a ir, com o pouco que tinha mas confiando no Senhor.
Também vejo que o Senhor é especialista em confundir nossos inimigos.Golias achou que Davi não teria a mínima chance de vencê-lo, o desprezou e o amaldiçoou.Hahahaha.Me divirto com essas coisas.Sim, Deus confunde nossos inimigos usando as coisas fracas e loucas desse mundo para confundir as fortes e as sábias para que a glória seja apenas Dele.
Meu(minha) querido(a) se você tem se disposto a ir aos combates em prol do Reino de Deus, não deixe que coloquem sobre você o que não é seu.Também não almeje o que não é seu.O que Deus tem te dado é suficiente.E se precisar de mais, Ele mesmo envia o reforço necessário.Você não precisa copiar ninguém.Tenha muito cuidado para não sair por aí, andando de forma esquisita simplesmente porque tem usado a armadura de outra pessoa!
Vigiemos nosso coração.Em épocas de batalhas, é melhor ser sensível ao Espírito Santo, utilizar o que Ele nos orientar usar, confiar inteiramente Nele ainda que sejamos incompreendidos pelas pessoas mais próximas ou desprezados pelos nossos inimigos.A intimidade com o Senhor nos permite andar no sobrenatural, pela fé, e alcançar grandes vitórias, ainda que seja atirando uma pequena pedra contra o gigante!

1 ano!!!!!!!!!!!!!!


Olá!

Hoje é dia de festa no Blog do Céu!
Estamos comemorando nosso primeiro ano!
Como sempre, Deus me surpreende em seus feitos!Nunca imaginei ter um blog e muito menos escrever algumas notícias do céu que chegam ao meu coração.Além do Senhor ter permitido que assim acontecesse, tem edificado muitas pessoas que passam por aqui e me presenteado com amigos virtuais(pessoas que não conheço pessoalmente, mas que sei que encontrarei no céu!).
Creio que, tão bom quanto ser abençoado por Deus, é poder compartilhar os benefícios recebidos. Contemplar vidas sendo edificadas através de nós, é algo especial pois o nome do Senhor é glorificado.Agradeço muito por essa grande oportunidade de servir no Reino e que toda Honra, Glória e Louvor sejam dadas à Ele!

03 setembro, 2008