31 janeiro, 2008

Moisés Neves, de King's Kids Brasil, sofre acidente!Vamos orar!

"Comunicamos à nossa família de ministérios de Jocum e nossos amigos que, lamentavelmente, aconteceu anteontem (28/Jan.) um acidente de carro com Moisés Neves líder da base Pitangui – e Melina – sua filha mais velha.

Moisés, que é um de nossos líderes de JOCUM no Brasil, é o fundador do ministério de King's Kids aqui no País, ministério esse que é um dos mais influentes e poderosos de JOCUM. Moisés talvez tenha sido um dos homens que mais mobilizou, tanto adolescentes quanto crianças, em evangelismo e em missões nos últimos 20 anos!

Ele está hospitalizado, com fraturas nas duas pernas e nos dois braços, além de uma fratura no rosto. Foi difícil conseguir uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva – UTI, mas, graças a Deus, ele foi admitido ontem à tarde (29/Jan). Ontem de manhã, ele teve uma parada cardíaca e, agora, está em coma induzido. Seu carro teve perda total. A situação de Melina é estável e ela está fora de risco, mas o quadro do Moisés é muito grave.

A filha mais nova de Moisés tem 10 anos e ele é um influente líder em Jocum hoje. Tem havido muita luta na vida de alguns líderes, com algumas mortes em Jocum Brasil nos últimos anos. Por favor, coloquem-se em oração e peçam pela restauração completa do nosso irmão e amigo Moisés.

Não é apenas a família que precisa dele, mas o nosso País. Moisés, em Jocum Brasil, é o diretor da Base de Pitangui, MG - lugar onde se concentra toda a liderança nacional de King's Kids.

Pedimos sua oração! Por favor, envolva sua base nisso em reuniões extraordinárias se for possível.

Moisés está hospitalizado em Betim-MG, e nossos irmãos de Contagem-MG estão tentando uma transferência para um hospital com mais recursos e melhor infra-estrutura de atendimento clínico.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - 31/01

Seu estado ainda é grave, mas está estável. Existem alguns pequenos sinais de melhora (a esta altura qualquer sinalzinho conta) a pressão do celebro está normal mas ainda apresenta alguns pequenos coágulos.

Ele continua sedado e internado no CTI. Apresenta quadro de embolia pulmonar devido a células de gorduras que penetraram na corrente sanguínea causadas pelas fraturas. Far-se-á necessário um procedimento médico de praxe que constitui em alguns testes neurológicos. Para isso, se faz necessário a interrupção dos sedativos. Aí será quando se saberá seu real estado clínico.

Melina continua internada em observação devido a uma lesão no fígado.

Continuemos a espera de um milagre no corpo do Moisés!O milagre financeiro, no entanto, nós mesmos podemos fazer acontecer.
Caso você seja direcionado por Deus a contribuir financeiramente, por favor, anote os dados bancários:
Banco Bradesco
Márcia Ferrer Neves
Agência: 1862-7
Conta Corrente: 7673-2
Fraternalmente,
Central Mídia – Comunicação Jocum Brasil"

23 janeiro, 2008

Sobre um João

O filme Meu nome não é Johnny é a adaptação de livro homônimo escrito pelo jornalista Guilherme Fiuza e baseado em fatos reais. Conta a história de João Estrella, um jovem de classe média carioca que se transforma num grande traficante e consumidor de cocaína.
A medida que o filme passava, estava a refletir que todas as loucuras que João cometeu seja de forma consciente ou não tiveram conseqüências seja para ele, para os amigos, para família e/ou para sociedade.A velha lei da semeadura entrou em ação.
Mas o que me chamou mais atenção foi a maneira como as coisas foram acontecendo e as oportunidades criadas na vida dele.Nas últimas cenas do filme, quando ele lê o conteúdo de um cartão de natal---você precisa ir ao cinema para entender rsrsr---nos deparamos com a surpresa da superação e da volta por cima anos mais tarde (hoje ele é produtor musical, cantor e compositor).
Sabe, eu não sei qual é a crença do João Estrela hoje, nem estou aqui para julgá-lo, entretanto através da história da sua vida pude enxergar a misericórdia de Deus.Mais uma chance sendo ofertada ao João, àqueles que o amam e em especial àqueles que têm ou tiveram sua vida dilacerada pelas drogas.
Creio que não foi apenas a fantasia do cinema nem a excelente atuação dos atores no filme que me tocaram, mas a alegria de saber que Deus não é injusto, que Ele veio para pessoas cansadas, oprimidas e sobrecarregadas e que com a multidão das suas misericórdias permite que essas pessoas não sejam exterminadas ante situações tão difíceis, concedendo-lhes um pouco mais de tempo e oportunidade para ouvirem e crerem acerca da verdadeira salvação.
P.S.: O filme é excelente, tem uma história ímpar e humor peculiar.Vale a pena assistir.Se você quizer mais informações, entra nesse site:http://www.meunomenaoejohnnyfilme.com.br/.

18 janeiro, 2008

Misericórdia

"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e Deus de toda a consolação" (II Coríntios 1:3).

Atributo é uma palavra que vem do latim e seu significado está ligado àquilo que é próprio de alguém ou de alguma coisa.Na Teologia, a maioria dos sistemas de classificação dos atributos de Deus baseia-se no fato de que algumas características pertencem exclusivamente a Ele e outras se encontram, de maneira limitada e num sentido relativo, estendido ao homem.

No versículo bíblico acima Deus é definido por Paulo em uma característica muito peculiar: a misericórdia.Paulo o identificou como o Pai das misericórdias, característica essa que também é comunicada ao homem mas encontra-se plena apenas no Senhor.

Na sua essência, misericórdia é a manifestação exterior de piedade.Presume necessidade por parte daquele que a recebe e recursos adequados para satisfazer a necessidade por parte daquele que a mostra.Deus tem todos os meios necessários para nos socorrer diante das nossas fraquezas e necessidades e o faz mostrando para conosco tamanho amor:

"Compassivo e misericordioso é o Senhor; tardio em irar-se e grande em benignidade.Não repreenderá perpetuamente, nem para sempre conservará a sua ira.Não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos retribui segundo as nossas iniqüidades.Pois quanto o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua benignidade para com os que o temem.Quanto o oriente está longe do ocidente, tanto tem ele afastado de nós as nossas transgressões.Como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem.Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó"(Salmos 103:8-14)

O rei Davi encontrou-se num momento difícil depois de levantar um censo em Israel o que o levou a uma situação não muito cômoda: escolher uma entre três calamidades:"Queres que sete anos de fome te venham à tua terra; ou que por três meses fujas de teus inimigos, e eles te persigam; ou que por três dias haja peste na tua terra?"(II Samuel 24:13a).Sabe qual foi a resposta dele?"Então disse Davi a Gade: Estou em grande angústia; porém caiamos nas mãos do Senhor, porque muitas são as suas misericórdias; mas nas mãos dos homens não caia eu" (II Samuel 24:14).

Davi que tantas vezes conheceu de perto o livramento do Senhor, lembrou-se que Deus continuava sendo misericordioso.Aliás, o ex- pastor de ovelhas conhecia Aquele que era o seu Pastor e compôs um salmo no qual está escrito:"Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã"(Salmos 30:5).

Um outro texto vem à minha mente acerca da misericórdia do Pai Celeste para conosco.Num dos períodos de maior calamidade e grande destruição no meio do povo de Israel, um profeta chamado Jeremias ousou dizer: "As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade"(Lamentações 3:22,23).Esse brado de esperança encontra-se num livro chamado de Lamentações.Seria ironia?Com certeza não.É a afirmação de alguém que também conhecia o Deus que servia e pregava.Ainda havia esperança porque ele podia confiar naquele que estava no controle da situação e esse alguém era - e sempre será - misericordioso.
Tenhamos essa certeza em nosso coração:Deus não muda.Suas misericórdias não acabaram - "pois ainda que entristeça a alguém, usará de compaixão segundo a grandeza das suas misericórdias"(Lamentações 3:32) - e são suficientes para sustentar, fortalecer e alegrar os nossos corações.Grande é a fidelidade do Senhor!










16 janeiro, 2008

Oremos pelo Pr.Moisés Bezerril!

"Pastor evangélico leva tiro no pescoço após ser assaltado na zona Leste da cidade.A bala ficou alojada na vítima, que foi internada na noite desta terça-feira em hospital de Teresina.

O pastor evangélico Moisés Cavalcante Bezerril foi vítima de um assalto na noite desta terça-feira (15) na rua Alayde Marques, bairro Ininga, zona leste de Teresina. Após o incidente, o bandido atirou contra o pastor, atingindo seu pescoço pelo lado esquerdo de seu corpo.

A equipe de suporte à vida e resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada e fez o estancamento da hemorragia, para que Moisés fosse encaminhado para o Prontomed, onde está internado. A bala ficou alojada no pescoço do pastor, que terá de ser submetido a uma cirurgia.

O incidente aconteceu próximo ao 5º Batalhão da Polícia Militar, na área do 12º Distrito Policial (Planalto Ininga - zona leste). Pouco depois do incidente, por volta das 22h, policiais já estavam diligência à procura do criminoso, ou criminosos.

Na Internet, o reverendo Moisés Cavalcanti Bezerril, da Igreja Presbiteriana do Brasil, é apresentado como capelão do Seminário Presbiteriano do Nordeste - STNE - e professor de teologia sistemática e bíblica no mesmo Seminário."
(Fonte: www.cidadeverde.com)

15 janeiro, 2008

Parábola do Sorvete

Certa vez levei meu filho de seis anos a um restaurante. Ele perguntou se podia dar Graças. Quando concordei, ele disse:

- Deus é bom. Deus é maravilhoso. Obrigado pela comida. Eu ficarei ainda mais agradecido se mamãe me der sorvete como sobremesa.E liberdade e justiça para todos! Amém!

Junto com as risadas dos outros clientes, escutei uma mulher comentar:

- É isso que está errado com este país. As crianças de hoje não sabem nem rezar. Pedir sorvete pra Deus! Eu nunca vi isso!

Escutando isso, meu filho banhou-se em lágrimas e me perguntou:

- Eu fiz uma coisa errada? Deus está zangado comigo?

Enquanto eu o abraçava, assegurava-lhe que ele havia feito uma oração maravilhosa, e que Deus, com toda certeza, não estava zangado com ele. Um cavalheiro mais idoso aproximou-se da mesa, deu uma piscada para meu filho e disse:

- Eu fiquei sabendo que Deus achou que foi uma grande oração.

- Mesmo? Perguntou meu filho.

- Dou a minha palavra - o homem respondeu.

Então num sussurro teatral ele acrescentou (indicando a mulher cujo comentário havia desencadeado aquelas lágrimas):

- Que pena que ela nunca tenha pedido sorvete a Deus.

Às vezes, um pouco de sorvete faz bem à alma. Naturalmente, eu comprei sorvete para meu filho, no fim da refeição. Ele olhou fixamente para o seu, por um momento, e então, fez algo do qual me lembrarei para o resto de minha vida. Pegou o seu sundae e, sem uma palavra, caminhou na direção da mulher, e o colocou em frente a ela. Sorrindo, disse-lhe:

- Olha, este sorvete é para você!

Sorvete às vezes é bom para a alma.

(Pr. Afonso Hilar)

08 janeiro, 2008

Sou Feliz (Horatio Gates Spafford)

Olá!
Li esse texto num blog que sempre gosto de visitar:http://somenteagraca.blogspot.com/.Deus falou profundamente comigo.Há dias em que a dor que sentimos em meio a provações é tão grande que não temos forças nem para gemer.Considero esse estágio da dor, um dos mais difíceis de passar.É quando o silêncio nos ensurdece e você é levado a escolher um patamar de triunfo na vida espiritual (adorar a Deus em meio as grandes perdas) ou a morrer.Eu já fiz minha escolha e quero triunfar...Que o Senhor também ministre ao seu coração.
“Este hino foi escrito por Horatio G. Spafford (1828-1888) nascido em North Troy-NY , no dia 10 de outubro. Ele foi um presbiteriano convertido a Cristo através do evangelista Moody (foi um grande evangelista e avivalista do séc 19). Horatio se tornou um advogado prospero na cidade de Chicago, mesmo depois de seu sucesso financeiro, continuou mantendo um relacionamento estreito com Moody e com um profundo interesse pelas campanhas de evangelização. Tinha apurado gosto pela musica e era devotado ao estudo das Escrituras.Meses antes do grande incêndio que atingiu a cidade de Chicago, em 1871, Horatio tinha feito pesados investimentos financeiros em uma área que foi totalmente destruída pelo fogo. Não bastasse esse terrível abalo financeiro, Spasfford passou por uma dolorosa perda de um filho. Esta morte trouxe grande sofrimento para toda a família. O piedoso advogado, procurando um tempo de refrigério e descanso, resolveu viajar com a esposa e as 4 filhas para a Europa, onde se encontraria com Moody e Sankey em uma cruzada evangelistica na Inglaterra, em 1873.Em novembro daquele ano, devido a inesperados compromissos de negócios, Spafford precisou permanecer em Chicago; mas ele enviou sua esposa e as suas 4 filhas conforme já estava programado no navio S.S. Ville du Havre.Sua expectativa era seguir viagem dias depois. No dia 22 de novembro de 1873, o navio sofreu um acidente e naufragou em 12 minutos. Dias depois, os sobreviventes finalmente chegaram em Cardiff, no Pais de Galles, e a senhora Spafford mandou um telegrama ao seu marido: “SALVA, PORÉM SÓ”.As 4 filhas morreram naquele naufrágio. Imediatamente após receber o telegrama da esposa, Spafford tomou um navio e foi ao encontro de sua esposa. Próximo ao local do acidente, Spafford profundamente comovido e sustentado pelo Deus que inspira canções” nas noites escuras, começou a escrever :
Se paz a mais doce me deres gozar,
Se dor a mais forte sofrer,
Oh, seja o que for,
Tu me fazes saber
Que feliz com Jesus sempre sou!
Sou feliz com Jesus,
Sou feliz com Jesus, meu Senhor!
Embora me assalte o cruel Satanás,
E ataque com vis tentações;
Oh! Certo eu estou, apesar de aflições,
Que feliz eu serei com Jesus!
Meu triste pecado, por meu Salvador
Foi pago de um modo cabal!
Valeu-me Senhor, oh, mercê sem igual!
Sou feliz, graças dou a Jesus!
A vinda eu anseio do meu Salvador,
Em breve virá me levar
Ao céu, onde eu vou para sempre morar
Com remidos na luz do Senhor!”
Original extraído do Blog: http://pregandoapalavra.blogspot.com/

06 janeiro, 2008

Humor


Gostei muito dessas charges.
Você concorda com essa didática utilizada durante as pregações do Paxtor Abobrinha?hehehe.Como temos visto coisas assim nas igrejas!Às vezes dá vontade rir, outras vezes de chorar...















Despedidas

Faz muitos anos que convivo bem de perto com uma situação que sempre me faz chorar: despedidas.Morei muitos anos longe dos meus pais e sempre que acabava as férias e se aproximava os dias de voltar para cidade onde estudava, era uma verdadeira novela mexicana na saída de casa e no aeroporto(a Maria do Bairro perdia feio pra mim, rsrs).Como meu pai morou em estados diferentes, também tive que deixar muitos amigos para trás.Perdi as contas das festas-surpresa de despedida pelas quais passei e chorei.Depois que casei, as vezes em que precisei ficar longe do meu marido, adivinha?Chorei também, hehehe.
Hoje enfrentei outra despedida mas fiz um acordo comigo mesma que não iria chorar mas rir da situação e foi muito divertido.Tenho aprendido que sorrir em meio a situações adversas nos ajuda a atravessá-las sem tantos traumas.Não sei exatamente o que Deus pretende me ensinar com tantas despedidas(Ele sempre deixa uma grande lição para nós em tudo o que permite acontecer na nossa vida).O certo é que agradeço-O porque tenho vivido muitas vezes essa experiência nesses últimos tempos e como diz uma música secular: "Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi".

05 janeiro, 2008

Esforço e bom ânimo

"Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo"(Josué 1:9a).

Deus escolhe determinadas pessoas para desenvolverem tarefas bem específicas.Moisés foi escolhido para ser libertador de Israel e aquele que iria conduzir o povo em meio ao deserto.Sua liderança foi iniciada, sustentada e finalizada pelo próprio Deus.Depois da morte desse líder, Josué foi escolhido para continuar à frente do povo e tomar posse da terra que o Senhor havia prometido aos israelitas.Ele esteve com Moisés durante boa parte do seu ministério; presenciou milagres extrardinários em meio ao deserto; como um espia, já havia visto um pouco da terra prometida e junto com Calebe, creu que Deus tinha o melhor para o seu povo.Havia chegado o tempo em que Deus queria que Josué colocasse em prática tudo aquilo que ele havia aprendido teoricamente. Diante dessas circunstâncias, o livro de Josué começa exatamente com algumas orientações para essa nova fase da sua vida.

A ordem para que o mais novo conquistador de terras se esforçasse, deixava subentendido que haveria muito trabalho.As promessas não se cumpririam de qualquer jeito.Elas estavam decretadas no céu e alguém precisava se esforçar aqui na terra.Josué encontraria à sua frente muitas situações nas quais ele precisaria de empenho, dedicação e esforço.Deus estava dizendo, indiretamente, que não seria fácil mas que ele fosse determinado e acreditasse que tudo ia dar certo.

Às vezes diante de tantos candidatos e tanta coisa para estudar julgamos ser muito difícil uma aprovação num vestibular, concurso ou vaga de emprego.Diante de tanto pecado, julgamos quase impossível alguém da nossa família se converter.E tantas e tantas vezes nos achamos tão inexperientes, incapazes de assumir algumas responsabilidades com medo do fracasso.Porém Deus tem nos escolhido para executar tarefas especiais e nos fará passar por algumas situações para que possamos vivenciar aquilo que temos aprendido na sua Palavra ao longo da nossa carreira cristã.Ele vai nos delegar novas responsabilidades.Quando isso acontecer na sua vida, lembre-se dessa palavra: esforço.Dê o seu melhor e deixe que Deus se preocupe com os resultados.Tenha bom ânimo e lute para tomar posse daquilo que já é seu em Cristo Jesus.



02 janeiro, 2008

Empreendendo batalhas

"Houve um homem de Ramataim-Zofim, da região montanhosa de Efraim, cujo nome era Elcana, filho de Jeroão, filho de Eliú, filho de Toú, filho de Zufe, efraimita.Tinha ele duas mulheres: uma se chamava Ana, e a outra Penina. Penina tinha filhos, porém Ana não os tinha.De ano em ano este homem subia da sua cidade para adorar e sacrificar ae Senhor dos exércitos em Siló. Assistiam ali os sacerdotes do Senhor, Hofni e Finéias, os dois filhos de Eli.No dia em que Elcana sacrificava, costumava dar quinhões a Penina, sua mulher, e a todos os seus filhos e filhas;porém a Ana, embora a amasse, dava um só quinhão, porquanto o Senhor lhe havia cerrado a madre.Ora, a sua rival muito a provocava para irritá-la, porque o Senhor lhe havia cerrado a madre.E assim sucedia de ano em ano que, ao subirem à casa do Senhor, Penina provocava a Ana; pelo que esta chorava e não comia.Então Elcana, seu marido, lhe perguntou: Ana, por que choras? e porque não comes? e por que está triste o teu coração? Não te sou eu melhor de que dez filhos?" (I Samuel 1:1-8)

Nos dias de Ana a esterilidade era motivo de vergonha para uma mulher sendo interpretada muitas vezes como uma maldição do próprio Deus sobre sua vida.Além dessa condição, Ana tinha outro problema: dividia seu marido com outra mulher que tinha vários filhos com ele e que não se cansava de irritá-la.Se a própria Bíblia chama Penina de rival, imagine o que ela não aprontava para pertubar Ana...O esposo de Ana a amava porém não compreendia porque ela sofria tanto com o que acontecia.Tudo estava complicado.Ana tinha um sonho e uma incapacidade de realizá-lo.Foi incompreendida, injustiçada e ano após ano a situação permanecia do mesmo jeito.

Se você continuar lendo o capítulo 1 de I Samuel vai descobrir que um dia Ana levantou-se e com amargura de alma orou ao Senhor e chorou muuuuiiiiiito na presença de Deus contando-lhe seu dilema e desejo de ter um filho.Além disso fez um voto prometendo a Deus que se ela fosse mãe de um menino o daria de volta ao Senhor.Deus escutou a oração de Ana concedendo-lhe um filho que ela chamou Samuel pois siginifica "do Senhor o pedi".

O significado do levantar de Ana nos escritos originais da Bíblia é "empreender uma batalha".Aquele dia foi diferente porque Ana tomou uma decisão de lutar para que sua vida fosse modificada.Como ela não tinha chances de socorro aqui na terra, foi falar com o general de guerra, o Senhor dos Exércitos.Há sonhos que precisam ser gerados debaixo de oração.Precisamos tomar posição e empreender essa batalha.Muitas coisas podem ser modificadas na nossa vida se nos humilharmos diante daquele que tem todo poder nos céus e na terra.

Ninguém nos conhece melhor que o Senhor.Ele é um Justo Juiz e além de tudo é nosso Pai.Não sei o que você tem pedido ao Senhor.Talvez tenha sofrido algumas injustiças ou até mesmo sinta vergonha da sua situação entretanto se perseverar em oração você alcançará o que almeja.Creio que a cada lágrima derramada, a cada palavra sincera, o Senhor se inclinava para agir em favor de Ana e satisfazer o desejo do seu coração.Também pode fazer isso por você.

Quero começar o ano com estas palavras.Empreenda batalhas.Tome a decisão de lutar.Não abra mão dos seus sonhos.Mantenha-os firmes diante do Senhor, em oração.Seja perseverante. Continue pedindo, chorando um pouco mais, batendo na porta, insistindo e espere o seu agir.Ele é especialista em realizar milagres.



01 janeiro, 2008

Amigos do blog

Olá!Tudo bem?!
Antes de postar o primeiro texto do ano - que chique! - quero agradecer a Deus pelos amigo(a)s que Ele tem me dado através desse endereço.Às vezes escrevo e não tenho idéia do alcance desse blog mas de vez em quando sou surpreendida por algum e-mail ou comentário de alguém dizendo que foi edificado com os posts daqui.Como isso me alegra!Que o Senhor nos ajude e continue trazendo ao nosso coração mais novidades do céu através da Sua preciosa Palavra.