20 dezembro, 2008

1 Samuel 30:1-6

"Sucedeu, pois, que, chegando Davi e os seus homens ao terceiro dia a Ziclague, já os amalequitas tinham invadido o sul, e Ziclague, e tinham ferido a Ziclague e a tinham queimado a fogo.E tinham levado cativas as mulheres, e todos os que estavam nela, tanto pequenos como grandes; a ninguém, porém, mataram, tão-somente os levaram consigo, e foram o seu caminho.E Davi e os seus homens chegaram à cidade e eis que estava queimada a fogo, e suas mulheres, seus filhos e suas filhas tinham sido levados cativos.Então Davi e o povo que se achava com ele alçaram a sua voz, e choraram, até que neles não houve mais forças para chorar.Também as duas mulheres de Davi foram levadas cativas; Ainoã, a jizreelita, e Abigail, a mulher de Nabal, o carmelita.E Davi muito se angustiou, porque o povo falava de apedrejá-lo, porque a alma de todo o povo estava em amargura, cada um por causa dos seus filhos e das suas filhas; todavia Davi se fortaleceu no SENHOR seu Deus" (1 Samuel 30:1-6).
Você consegue imaginar a dor sentida por Davi e seus companheiros ao voltarem à Ziclague e constatarem tantas destruições?
Em cada lar havia um clamor, cada família havia sido abalada, a perda tornou-se um inimigo muito feroz contra quem todos que viviam naquele lugar teriam que lutar.Alguns choraram até não ter mais forças, outros queriam exterminar o suposto culpado. A amargura foi grande naqueles dias, porque uma das maiores dores que podemos sentir, ocorre quando vemos nossa família com sinais de destruição.
Você já deve ter sentido essa dor (ou ao menos um pouco dela) ao ver consequências do alcoolismo, drogas, mentiras, adultério, traições, desprezo, brigas, discussões, doenças ou tantas outras coisas ruins querendo tragar a paz que há em seu lar.Talvez, um dia você tenha saído de casa e deixado tudo em ordem, mas quando voltou foi surpreendido por alguma amargura e desde então, tudo tem sido muito difícil.
A notícia do céu de hoje é que mesmo que você esteja vendo uma cidade destruída pelo fogo, ainda que já tenha chorado tudo o que podia, encontra-se sem forças e alguém o acusa de ser culpado pelos acontecimentos, é tempo de lembrar-se que No Senhor podemos recobrar nossas forças para prosseguir e continuar guerreando.
Eu não vou descrever o desfecho dessa história (vou deixar a leitura do resto do capítulo para você, rs), entretanto vale ressaltar que sua família é importante e especial para o Senhor.Deus se importa com os seus.Não abandone seu posto, não permita que sua visão física escureça a espiritual, mesmo que esteja vivendo uma dor muito grande.
Não abra mão de qualquer parente seu para o inferno.Há esperança!
Fortaleça-se no Senhor e aguarde as novas estratégias do céu para obter vitória.Lembre-se: você e sua família são do Senhor.

Nenhum comentário: