14 junho, 2008

Proteção





Às vezes me envergonho diante de Deus por causa de algumas palavras e atitudes impensadas, principalmente quando as coisas não acontecem dentro do meu planejamento.
Sei que isso não é um privilégio só meu, rs, mas de vez em quando me pego questionando ao Senhor querendo saber os porques de fatos ocorridos mas não num tom sadio, e sim num tom de reclamação, de murmuração.Se o céu tivesse um departamento de reclamações, os anjos trabalhariam sem parar diante de tantos registros!
Eis aqui um grande perigo!Se temos um Deus tão cuidadoso, porque tanta murmuração?Se Ele é Fiel, porque tanta dúvida?Se Ele é Nosso refúgio e fortaleza, porque procuramos tantas outras saídas e não nos abrigamos e descansamos Nele?Haveria algo impossível ao Senhor?Por acaso Ele não tem trabalhado por aqueles que têm esperado Nele?Deus mudou?
Sei que não, também sei em quem tenho crido. Depois dessa guerra travada entre fé X razão, quando me encontro assim, bombardeada por todos esses questionamentos, sigo um único caminho:o da rendição(Me perdoa, Senhor?).Acreditando que Ele tem me guardado e certamente, passado esse 'apedrejamento', o que virá será o melhor para minha vida.














Um comentário:

Seminário disse...

Muito interesante seu post,que Deus possa continuar lhe abençoando.Parabéns!!!!
Seminario Internacional Teologico de São Paulo