23 janeiro, 2008

Sobre um João

O filme Meu nome não é Johnny é a adaptação de livro homônimo escrito pelo jornalista Guilherme Fiuza e baseado em fatos reais. Conta a história de João Estrella, um jovem de classe média carioca que se transforma num grande traficante e consumidor de cocaína.
A medida que o filme passava, estava a refletir que todas as loucuras que João cometeu seja de forma consciente ou não tiveram conseqüências seja para ele, para os amigos, para família e/ou para sociedade.A velha lei da semeadura entrou em ação.
Mas o que me chamou mais atenção foi a maneira como as coisas foram acontecendo e as oportunidades criadas na vida dele.Nas últimas cenas do filme, quando ele lê o conteúdo de um cartão de natal---você precisa ir ao cinema para entender rsrsr---nos deparamos com a surpresa da superação e da volta por cima anos mais tarde (hoje ele é produtor musical, cantor e compositor).
Sabe, eu não sei qual é a crença do João Estrela hoje, nem estou aqui para julgá-lo, entretanto através da história da sua vida pude enxergar a misericórdia de Deus.Mais uma chance sendo ofertada ao João, àqueles que o amam e em especial àqueles que têm ou tiveram sua vida dilacerada pelas drogas.
Creio que não foi apenas a fantasia do cinema nem a excelente atuação dos atores no filme que me tocaram, mas a alegria de saber que Deus não é injusto, que Ele veio para pessoas cansadas, oprimidas e sobrecarregadas e que com a multidão das suas misericórdias permite que essas pessoas não sejam exterminadas ante situações tão difíceis, concedendo-lhes um pouco mais de tempo e oportunidade para ouvirem e crerem acerca da verdadeira salvação.
P.S.: O filme é excelente, tem uma história ímpar e humor peculiar.Vale a pena assistir.Se você quizer mais informações, entra nesse site:http://www.meunomenaoejohnnyfilme.com.br/.

Um comentário:

Andréia disse...

fiquei com vontade de ver o filme... Deus tira qualquer um do pó

eita poder viu...rs