20 novembro, 2007

Missão Impossível(?)- Parte 2


Estive em Paulistana-PI nesse último feriado e quero compartilhar com você um pouco do trabalho missionário por lá.

Saindo de Teresina, essa foi a equipe da viagem (da esquerda pra direita):Pr. Mateus, Jacq, Tina, Silva Neto,Letícia e eu que estava tirando a foto, hehehe.De Natal-RN, saiu no mesmo dia, o Grupo Jeová Nissi. Chegamos praticamente juntos em Paulistana.No dia seguinte, começamos um trabalho evangelístico e visitamos o primeiro povoado: Barro Vermelho.Chegamos lá por volta das onze horas da manhã.Nos abrigamos à sombra de uma árvore e rapidamente nos dividimos para convidar as pessoas para o culto.Havia alguns moradores juntando água e nos receberam muito bem.O grupo Jeová Nissi saiu de casa em casa;eu, a Tina, a Jacq e a esposa do missionário local, fomos em busca das crianças;o pastor Mateus e o resto da equipe que nos acompanhava encarregaram-se de ligar o som, distribuir folhetos e começaram o culto ali mesmo.Foi um trabalho abençoado.Algumas pessoas decidiram por Cristo, inclusive essas crianças de mãos levantadas, que estavam na casa do missionário em frente à arvore.

Continuamos na estrada e fomos até outro povoado chamado Itaizinho.Lá, o missionário nos mostrou a futura igreja que está sendo construída.Nos juntamos perto da praça da cidade e mais uma vez pregamos a Cristo.Veja as fotos:

Nossa última parada foi Curral Novo.Dessa vez, ficamos na igreja.Os irmãos muito atenciosos e hospitaleiros estavam nos esperando para o almoço.O tempo havia passado já eram quase 15h e estávamos cansados e com fome mas muito felizes.Depois do almoço, a igreja nos acolheu e foi um culto muito abençoado.O amor de Deus foi derramado em nossos corações e celebramos essa boa amizade com a célebre foto na porta da igreja rsrsrs.Também nesse lugar mais uma vez estivemos trabalhando com crianças... como elas trouxeram alegria ao nosso coração!Estávamos cantando"Se você está contente e quer mostrar pra toda gente, se você está contente, dê um abraço"... tudo virava festa com elas.

Chegamos em Paulistana na hora do culto à noite, aliás um pouco atrasados.O caminho da volta foi de reflexão.Vimos milagres em meio a um deserto.Numa das casas visitadas, havia um homem sofrendo muitas dores porque estava num estágio final de câncer.Deus conduziu algumas irmãs até lá e após receber a Palavra pregada, ele entregou sua vida ao Senhor, recebeu oração e teve suas dores aliviadas.Não tenho como descrever pra vocês a alegria no rostinho de cada criança com os cânticos ensinados, as histórias bíblicas contadas e os doces que distribuímos.Algumas partiram nosso coração porque perguntavam:-Tia, quando vai ter culto de novo?-Tia, vou orar pra Jesus mandar vocês aqui de novo.

Também visitamos um vozinho que teve o pé amputado por causa de uma doença vascular e que pela dificuldade de locomoção não vai mais à igreja.Fizemos um culto na porta da sua casa.Seus olhos brilhavam e ouvidos se deliciavam ao ver e ouvir os hinos da harpa cristã acompanhados por sanfona de uma das irmãs do Jeová Nissi.A gratidão ao Senhor do pastor de Curral Novo, José do Egito, também me impressionou.Parecia que para ele a nossa presença ali era um verdadeiro milagre.

























































































































Nenhum comentário: